Sumário

Você sabe o que é liberação miofascial instrumental? O que faz  e para que é utilizada? Em alguns minutos de leitura você saberá isso e muito mais sobre essa técnica cada vez mais utilizada no ambiente da reabilitação ortopédica e esportiva.

O que é a Liberação miofascial instrumental

A liberação Miofascial Instrumental é uma técnica que utiliza de ferramentas específicas como ventosas, raspadores, ganchos, agulhas  e até mesmo dispositivos eletrônicos para gerar estímulos mecânicos nos músculos tendões e ligamentos que vão  modificar suas estruturas melhorando a função destes e também  acelerando sua recuperação quando lesionados para deixá-los  aptos para exercer suas funções diárias.

 Beneficios da liberação miofascial instrumental

Os principais benefícios oferecidos pela liberação miofascial são o aumento da circulação sanguínea na região tratada aumentando a  troca de nutrientes entre as células e removendo toxinas circulantes acelerando a recuperação tecidual . Além disso a liberação miofascial quebra as micro aderências  teciduais responsáveis pela diminuição da mobilidade tecidual ajudando a melhorar a flexibilidade da região tratada.

O trabalho de Liberação Miofascial pode ser feito para reabilitar alguma estrutura lesionada acelerando sua recuperação como no caso das tendinopatias ( inflamação nos tendões) onde a técnica é utilizada para melhorar o alinhamento das fibras de colágeno do tendão e melhorar o fornecimento de nutrientes para o tendão/ligamento acelerando a reparação tecidual e reduzindo a inflamação e consequentemente a  dor.

Atua também na  redução de dores articulares e musculares após lesões e traumas através do estímulo de células nervosas responsáveis pela transmissão das sensações de dor reduzindo sua sensibilidade aos estímulos nocivos. Melhora a circulação sanguínea nas regiões tratadas acelerando o processo de cicatrização das lesões e melhorando o alinhamento das cicatrizes do tecido reparado minimizando a chance de uma nova lesão no mesmo local.

Pode ainda ser utilizada de forma preventiva  para  melhorar  a mobilidade/ flexibilidade dos músculos e articulações  prevenindo lesões que podem ser causadas por músculos rígidos ou encurtados que alteram os padrões  de movimento considerados ideais aumentando as chances lesões durante a prática esportiva. Muito útil  para acelerar a recuperação muscular de atletas  através da facilitação da circulação de nutrientes dentro dos tecidos após a liberação diminuindo os desconfortos e sensação de cansaço  após o treino ou competição possibilitando um retorno antecipado do atleta para o treino ou competição  melhorando assim seu rendimento.

Aqui na Valore Gostamos de utilizar os massageadores percussivos, os raspadores, ganchos e também as famosas ventosas. Todos os instrumentos  citados são ótimos  para promover a liberação Miofascial e a definição de qual destes será usado no tratamento depende da demanda encontrada durante a avaliação e da adaptação do cliente à aplicação da técnica.

Os raspadores miofasciais

Temos também os Raspadores que são ferramentas feitas de aço ou poliuretano que possuem curvaturas anatômicas que permitem maior contato da ferramenta com a pele, contato este que é necessário para realizar massagens compressivas  que promoveram alterações benéficas nas regiões tratadas reduzindo dores, melhorando  também a circulação e alinhamento das estruturas tratadas.

Ganchos 

Já os Ganchos são estruturas semelhantes aos raspadores que são utilizados para gerar  compressão e raspagem nas regiões tratadas com o intuito de gerar os mesmos benefícios já citados, tanto os raspadores quanto o gancho podem gerar vermelhidão momentânea na região tratada como resultado do aumento da circulação sanguínea.

Ventosas

As Ventosas são copos de vidro, pvc ou bambu que são utilizados para gerar sucção (tração) na região tratada aumentando assim a circulação sanguíneo e mobilidade dos tecidos mobilizados devido a quebra das aderências teciduais. Esta técnica em particular é famosa pelas marcas resultantes do tratamento. Pequenas bolas roxas na pele  (equimose) resultantes da tração realizada pela ventosa.

Conclusão

Caro leitor estas  são as principais técnicas utilizadas aqui na Valore para realizar Liberação Miofascial, se você gostou das informações deste artigo e gostaria de aprender um pouco mais continue em nosso blog pois temos muitos outros artigos falando sobre liberação miofascial além de  outros artigos pertinentes a sua saúde.

Se ficou com alguma dúvida sobre o tema deixe sua pergunta aqui na caixa de comentários que ficaremos felizes em responde-la.

Para mais informações acompanhe-nos nas redes sociais

Instagram

Facebook

Blog

Site

Facebook
Twitter
LinkedIn

Quer agendar seu atendimento?

Agende agora seu atendimento com um de nossos especialistas!

Veja o que mais artigos aqui

Quiropraxia: É Segura ou Perigosa? Mitos e Verdades

Muitas pessoas se questionam sobre a segurança da quiropraxia, uma prática focada no alinhamento da coluna e no tratamento de problemas musculoesqueléticos. Vamos explorar se a quiropraxia é realmente segura ou se apresenta riscos significativos.

Leia mais »

Como aliviar dores nas costas: Dicas simples para melhorar sua qualidade de vida

As dores nas costas podem ser um verdadeiro incômodo, afetando não apenas nossa mobilidade, mas também nossa disposição diária. Se você enfrenta esse problema, não está sozinho. Muitas pessoas lidam com dores nas costas em algum momento da vida, seja devido a má postura, sedentarismo, estresse ou esforço físico excessivo. Felizmente, existem maneiras simples de aliviar essas dores e melhorar sua qualidade de vida.

Leia mais »
×