Muitas pessoas se questionam sobre a segurança da quiropraxia, uma prática focada no alinhamento da coluna e no tratamento de problemas musculoesqueléticos. Vamos explorar se a quiropraxia é realmente segura ou se apresenta riscos significativos.

O que é Quiropraxia?

A quiropraxia é uma  ciência e filosofia que estuda e trata as alterações do funcionamento do sistema nervoso periférico e suas repercussões sobre a saúde.

 Sua abordagem terapêutica visa ajustar a coluna vertebral e outras articulações para melhorar a função do sistema nervoso. Quiropraxistas utilizam técnicas manuais e instrumentais precisas para estimular sensores em ligamentos e músculos para corrigir alterações do complexo de subluxação vertebral que podem causar dor e restrições de movimento.

Segurança da Quiropraxia: Mitos e realidades

Um dos mitos mais comuns sobre quiropraxia é que pode ser perigosa. No entanto, estudos e práticas clínicas mostram que, quando realizada por quiropraxistas qualificados e licenciados, a quiropraxia é geralmente segura. Como em qualquer prática médica, há considerações importantes a serem feitas:

Formação Profissional

 Quiropraxistas passam por treinamento extenso para entender a anatomia humana e aplicar técnicas de ajuste de forma segura. Por questões mercadológicas associadas a ampla difusão da Quiropraxia no cenário mundial aqui no Brasil surgiram diversas linhas de formação nesta ciência que levaram a uma grande diversidade de meios de formação de profissionais da área.

O início da Quiropraxia no Brasil

Inicialmente a Quiropraxia surgiu nos EUA onde existia uma formação do tipo graduação universitária para formação do  profissional. No Brasil ela teve sua difusão por meio de cursos de extensão para profissionais da área da saúde englobando médicos, fisioterapeutas, educadores físicos, enfermeiros e muitos outros entusiastas.

A quiropraxia como especialização do fisioterapueta

Anos depois com a formalização da especialização no Brasil a Quiropraxia foi incorporada como especialidade do profissional fisioterapeuta sendo incorporada a prática do profissional por meio dos cursos de extensão ou pós graduação

O surgimento dos Quiropraxistas graduados no Brasil

Após a difusão dos resultados da Quiropraxia em todo mundo e vida de Quiropraxistas americanos para o brasil foram surgidos escolas de Quiropraxia e também a criação dos cursos de graduação em Quiropraxia em faculdades e universidades.

O cenário atual da Quiropraxia no Brasil

Diante de um contexto histórico do surgimento da Quiropraxia hoje temos no Brasil profissionais  Graduados em Quiropraxia que passaram por uma jornada de formação em Quiropraxia mínima de 4 anos. Temos fisioterapeutias especializados em Quiropraxia que fizeram de 100 a 500 h de especialização em quiropraxia após seus 4-5 anos de graduação e temos diversos outros profissionais da área da saúde que fizeram cursos com carga horária menor de formação e que possuem menos embasamento que os anteriores.

No mercado todos esses profissionais se apresentam de forma semelhante aos seus pacientes porém a jornada de aprendizado e conhecimento e resultado entregue por cada um pode variar de acordo com sua formação inicial e tempo de experiência na área.

Separando a ciência do profissional que faz o atendimento

Todos esse contexto sobre a história da Quiropraxia até aqui para que possamos entender e separar os conceitos da quiropraxia como ciência, seus resultados e riscos comprovados dos riscos produzidos por falhas do profissional que se posiciona como quiropraxista visto que a maioria dos relatos de acidentes e lesões associados aos atendimentos de Quiropraxia não estão relacionados ao procedimento ou filosofia da aplicação do ajuste e sim na perícia do profissional em examinar, identificar as alterações do complexo de subluxação e aplicar a técnica mais indicada para o caso.

O que não é Quiropraxia e é vendido como se fosse

Outro grande problema mercadológico é a confusão em relação ao que é Quiropraxia e o que é vendido como Quiropraxia. O famoso estalo na coluna produzido pelo ajuste articular também é produzido pelo Thrust osteopático ou pela manipulação da fisioterapia manipulativa. Porém a forma de se fazer isso difere em metodologia e objetivos entre elas. Essa semelhança e a fama adquirida pela Quiropraxia ao longo dos anos leva profissionais a venderem técnicas/ metodologias  que produzem o estalos como se fosse Quiropraxia

Avaliação Inicial 

Antes de qualquer tratamento, é essencial uma avaliação completa para identificar condições pré-existentes que possam contraindicar o tratamento quiroprático. Quando um bom exame é feito a segurança para o tratamento e resultados são bem maiores, lembre-se disso caso passar por um tratamento!

Experiência do Profissional

 Escolher um quiropraxista experiente e bem recomendado pode reduzir significativamente qualquer risco potencial. Quanto maior a prática não só nos ajustes mas também em examinar menores os riscos e maior a chance de obter os resultados que procura no tratamento.

Benefícios e considerações finais

Os benefícios da quiropraxia incluem alívio de dores crônicas, melhora na mobilidade e na qualidade de vida. Para aqueles que consideram a quiropraxia como opção de tratamento, é crucial discutir abertamente com um profissional qualificado sobre quaisquer preocupações ou condições médicas pré-existentes. 

Sempre pesquise sobre a formação e experiência do profissional que vai te atender, converse e tire suas dúvidas durante o exame para que sinta mais segurança. Caso tenha medo, insegurança ou contra indicação aos ajustes manuais que produzem os famosos estalos dentro da Quiropraxia existem linhas de tratamento que utilizam instrumentos para estimular as articulações sem produzir estalos ou mesmo os movimentos rápidos e bruscos. Esses ajustes instrumentais são mais leves e confortáveis e tão efetivos quanto os ajustes manuais.

Conclusão

Em conclusão, a quiropraxia pode ser uma opção segura e eficaz para muitas pessoas que buscam alívio de dores musculares e articulares. Contudo, a segurança depende da qualificação e experiência do quiropraxista. Ao escolher um profissional, é essencial fazer uma pesquisa cuidadosa e discutir abertamente todas as suas preocupações de saúde.

Espero que este artigo tenha esclarecido se a quiropraxia é segura ou apresenta riscos significativos. Priorize sempre sua saúde ao considerar opções de tratamento.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Precisa de tratamento?

Agende agora seu atendimento com um de nossos especialistas!

Veja o que mais artigos aqui

Quiropraxia: É Segura ou Perigosa? Mitos e Verdades

Muitas pessoas se questionam sobre a segurança da quiropraxia, uma prática focada no alinhamento da coluna e no tratamento de problemas musculoesqueléticos. Vamos explorar se a quiropraxia é realmente segura ou se apresenta riscos significativos.

Leia mais »

Como aliviar dores nas costas: Dicas simples para melhorar sua qualidade de vida

As dores nas costas podem ser um verdadeiro incômodo, afetando não apenas nossa mobilidade, mas também nossa disposição diária. Se você enfrenta esse problema, não está sozinho. Muitas pessoas lidam com dores nas costas em algum momento da vida, seja devido a má postura, sedentarismo, estresse ou esforço físico excessivo. Felizmente, existem maneiras simples de aliviar essas dores e melhorar sua qualidade de vida.

Leia mais »
×